Como utilizar o e-book em sua estratégia digital - Alphabrand
Como utilizar um Ebook em sua estratégia Digital
Por Alphabrand em 11 de março de 2019 | Marketing Digital

Como utilizar o e-book em sua estratégia digital

Início » Blog » Marketing Digital » Como utilizar o e-book em sua estratégia digital

Se você está desenvolvendo uma estratégia digital para a sua empresa, certamente, já ouviu falar sobre a necessidade de “converter visitantes em clientes”.

Existem diversas maneiras de fazer isso, e uma delas é produzindo e-books. Mas você sabe como fazer isso da maneira correta para obter os resultados esperados? Então descubra tudo neste post.

O que são e-books

E-book é a abreviação de “eletronic book”. Sabe aqueles livros que você lê através de algum dispositivo eletrônico como celular ou tablet? Eles são os e-books!

Semelhantes aos artigos que você produz para o seu blog (você produz, não é? Se não, fale com a gente agora mesmo! ) os e-books têm como objetivo levar aos visitantes — e potenciais clientes — da sua página conteúdos e informações que respondam às suas dúvidas e que tragam soluções para os seus problemas.

Os conteúdos produzidos para blogs tendem a ser um pouco menores. Mesmo trazendo dados importantes, geralmente, não se aprofundam muito nos temas. Já o e-book permite uma abordagem melhor, detalhando mais especificamente um assunto de relevância para o seu público.

Como utilizar os e-books na sua estratégia digital

Por ser um conteúdo mais extenso, o e-book acaba sendo fornecido aos leitores do seu blog como “uma moeda de troca”. Afinal, você está entregando a eles, gratuitamente, um material extremamente rico e complexo. Assim, nada mais justo do que pedir algo em troca, concorda?

Por isso, os e-books acabam sendo uma das principais ferramentas para obter dados dos seus leitores. Esses dados são fundamentais para transformar simples visitantes em leads, ou seja, pessoas que apresentam grandes chances de comprar os seus produtos ou contratar os seus serviços.

Ao oferecer um e-book para os seus clientes, geralmente, é criada uma landing page, que é uma página exclusiva no seu blog para que os leitores informem dados como nome, telefone e e-mail. Somente após preencher esse cadastro eles conseguem baixar o e-book que você produziu.

E no que essas informações são úteis para a sua empresa? Muito simples: esses dados podem ser usados simplesmente para aumentar a sua lista de envio de newsletter —  propagando ainda mais a divulgação da sua marca — ou a sua equipe de vendas pode trabalhar esses leads para que eles se tornem clientes da sua empresa.

Por que essa estratégia é tão válida? Porque partimos do princípio que, se um leitor do seu blog baixou um conteúdo rico fornecido por você, quer dizer que ele está com bastante interesse no produto ou serviço que sua marca oferece. Não necessariamente você é a opção de compra dele, mas está bem mais perto disso. Por isso, a importância de “trabalhar” esse lead.

Porque oferecer materiais bem escritos e relevantes

Mas não basta criar e-books com o objetivo único e exclusivo de conseguir o contato do seu futuro cliente. Pense que, mesmo que ele não feche com você naquele momento, a sua empresa pode ser tornar uma referência para ele dentro do segmento.

Assim, sempre que precisar de algo relacionado aos produtos e serviços com os quais você trabalha, as chances da sua marca ser primeira opção para ele são muito maiores.

Por isso, um e-book não pode ser apenas bonitinho, ele precisa ter conteúdo!

Para um e-book ter, realmente, a resposta esperada, é muito importante que ele seja bem escrito, e isso envolve não apenas informações relevantes.  Assim, para ser considerado de bom conteúdo ele deve ter a gramática correta, a linguagem certa para o seu público, além de dados relevantes e confiáveis.

É totalmente possível você mesmo criar o seu e-book, mas muitas vezes, para atender a todos esses requisitos, a ajuda de redatores e revisores profissionais é necessária.

Porque uma boa diagramação é fundamental

Além de bem escrito, o e-book precisa ter uma aparência agradável. Por isso, outra parte que requer atenção na produção dessa ferramenta de conversão é a diagramação.

Uma diagramação bem feita faz com que o texto produzido tenha ainda mais valor. É ela a responsável pela distribuição dos trechos e uso das imagens ideais.

A soma de tudo isso é que facilita e garante uma leitura mais agradável.

Ferramenta gratuita para criar e-book

Assim como o conteúdo em si, a diagramação também pode ser feita por você. Existem ferramentas gratuitas que colaboram para isso, uma delas é o Canva.

Nesse site, é possível criar, além do e-book, diversas imagens para usar em redes sociais, por exemplo.

Mas vale lembrar que, por mais que ele facilite e permita uma diagramação completa, é preciso que seu e-book tenha uma aparência extremamente profissional. Isso atribui ainda mais credibilidade ao conteúdo que você está oferecendo ao seu público.

Criar um e-book é uma das principais e mais importantes ferramentas de conversão dentro de uma estratégia digital. Porém, é uma ação que demanda de tempo, dedicação e conhecimento.

Por isso, se você também quer se beneficiar de todo retorno que ofertar e-books para os seus leitores traz, não deixe de buscar profissionais experientes para lhe ajudar nisso.

E você? Já utilizou e-book em sua estratégia digital? Conte para gente os resultados e desafios. 

Gostou deste contúedo? Compartilhe!