Facebook, Instagram e Whatsapp cairam: para onde correr? - Alphabrand
Queda das Redes Sociais
Por Alphabrand em 15 de abril de 2019 | Marketing Digital

Facebook, Instagram e Whatsapp cairam: para onde correr?

Início » Blog » Marketing Digital » Facebook, Instagram e Whatsapp cairam: para onde correr?

Facebook, Instagram e Whatsapp fora do ar: como não perder vendas quando isso acontece?

Se você condiciona as vendas da sua empresa apenas às redes sociais, lamentamos informar, mas isso pode lhe causar grandes prejuízos!

Mais uma vez, os gigantes do menino Mark deixaram usuários do mundo inteiro na mão nesse último domingo. Mesmo sendo final de semana, lembre-se que, no mundo virtual, qualquer dia pode resultar em — boas — vendas.

Descubra, agora, algumas alternativas para manter os lucros da sua empresa quando transtornos como esses acontecem e porque ter outros canais de comunicação é tão importante.

Por que não focar suas vendas apenas nas redes sociais?

Se fazer presente nas redes sociais deixou de ser uma opção para qualquer empreendimento e se tornou parte fundamental de uma boa estratégia de marketing digital.

Considerando que, hoje em dia, não existe quem não tenha, pelo menos, um perfil ativo em alguma dessas redes, colocar a sua marca nas mídias garante que seu negócio alcance público em variados canais.

O problema é quando você foca suas vendas (e lucros) apenas nas redes sociais. Ou seja, se suas divulgações e/ou atendimento são feitos só nesses locais, sempre que houver instabilidade ou queda, seus serviços também param.

Outra questão é, se seu negócio tem como base de funcionamento apenas canais como esses, você também perde autonomia. Vamos explicar: além das “saídas do ar” cada vez mais constantes, ter essas mídias como principal contato com o público limita seu poder de alcance e, com isso, a possibilidade de expandir sua marca e conquistar novos clientes.

Isso porque o Facebook e o Instagram, por exemplo, têm os tão falados algoritmos que, segundo dizem, mostram suas postagens apenas para uma porcentagem pequena de seguidores, deixando grande parte sem saber o que está acontecendo com a sua marca naquele momento.

Assim, por mais que se tenha postagens frequentes — o que é super indicado e minimiza esses impactos — nem sempre sua estratégia pode trazer os resultados esperados.

Quais as alternativas quando o Facebook, Instagram e Whatsapp caem?

Mas não precisa desanimar! As redes sociais ainda são uma excelente maneira de atrair e converter. Por isso, devem, sim, fazer parte do seu marketing digital. Mas como dito anteriormente, não podem ser a base principal do seu negócio.

Veja agora outras ferramentas que você pode usar para não perder vendas.

Site

Uma excelente maneira de conseguir mais autonomia na internet é ter um site próprio.

Além do domínio que leva diretamente à sua empresa, um site é o mesmo que ter uma loja aberta 24 horas, em que seus clientes podem entrar e ter acesso a todos os seus produtos e serviços, e o melhor, sem depender de ninguém.

Somado a isso, a partir do site você pode trabalhar o marketing de conteúdo, uma das mais assertivas estratégias quando a ideia é oferecer ao público informações úteis e relevantes, ao mesmo tempo em que atrai e converte ao mostrar que você é especialista no segmento em que atua.

Ah! O marketing de conteúdo também é o responsável por fazer com que sua empresa conquiste as melhores posições nas plataformas de pesquisa — como o Google — o que gera mais credibilidade para a sua marca e, lógico, aumento nas vendas.

Chat

Oferecer um atendimento on-line, via chat, aos seus clientes, aumenta muito seu poder de conversão, além de lhe dar a oportunidade de conhecer melhor sua persona.

Esse canal de atendimento permite diversas ações, que vão desde o esclarecimento de dúvidas até o fechamento efetivo das compras, tudo depende de como você quer utilizá-lo.

Entre as inúmeras vantagens, está o fato dos chats continuarem funcionando perfeitamente, mesmo quando canais de atendimento como o Whatsapp caem. Somado a isso, existem opções gratuitas que você pode instalar facilmente no seu site.

E-mail e Newsletter

Se você acha que os e-mails estão “fora de moda”, saiba que essa forma de pensar é um grande erro.

Os e-mails ainda são ferramentas muito utilizadas que têm a grande vantagem de aproximar sua marca do cliente, já que, muitas vezes, esse atendimento é bem pontual e personalizado.

Quanto às newsletteres, elas são fundamentais para levar ao seu público novidades da sua empresa, produtos ou serviço que valem a pena que eles conheçam, entre diversas outras informações que podem ser cruciais para aumentar as suas vendas.

Slack

O Slack não é, necessariamente, um canal de contato com seu público, mas é uma excelente plataforma para conversar com sua equipe substituindo, com perfeição, o Whatsapp. Além disso, o Slack melhora a comunicação interna da sua empresa, contribuindo para evitar ruídos e ações equivocadas.

Fácil de usar, ele permite chats e chamadas em vídeo, a criação de times e canais, mensagens diretas e até envio de arquivos. Para completar seu pacote de funcionalidade, é possível baixar o app do Slack no iOS, Android, Windows Phone ou direto no seu PC.

E ele não para por aí! É possível integrar o Slack ao Trello, Asana, Google Drive, e muitos outros serviços que deixarão as atividades dos seus colaboradores ainda mais otimizadas.

Por mais que o Facebook, Instagram e Whatsapp sejam fundamentais nas atividades diárias de diversos empreendimentos — sendo responsáveis, muitas vezes, por um percentual considerável das vendas — eles não podem ser as únicas ferramentas utilizadas.

Depender, apenas, dessas redes sociais, faz com que sua empresa esteja nas mãos de outros, e não 100% sob o seu domínio. Sendo assim, trabalhar com variadas alternativas é a melhor forma de não comprometer seus lucros.

Agora que você leu este conteúdo, certamente, isso foi mais claro para você. Então que tal ajudar outras pessoas a descobrirem essas opções também? Aproveite que as redes sociais voltaram a funcionar, compartilhe este post naquela que você mais utiliza e veja a opinião dos seus seguidores sobre o tema!

Gostou deste contúedo? Compartilhe!