Página Inicial Blog
Home Blog / Blog / Redes Sociais / Sorteios no Facebook: Conehça as principais regras

Sorteios no Facebook: Conehça as principais regras


Por Alphabrand em 14 de dezembro de 2016

Tags:, ,


Você já deve ter visto diversas promoções com sorteios no Facebook solicitando que os usuários compartilhem ou curtam determinada página para concorrer a algum prêmio, certo? Mas até que ponto essa ação é realmente eficiente para o negócio e, o mais importante, até onde essas empresas estão agindo em conformidade com as leis?

É o que vamos esclarecer agora!

A primeira coisa que você precisa saber é que a grande maioria das empresas está fazendo promoções e sorteio de forma errada, especialmente se considerarmos as diretrizes do Facebook.

O Facebook disponibiliza um guia completo com as regras do que pode ou não ser feito em promoções, deixando claro que:

As promoções podem ser administradas nas páginas ou dentro dos aplicativos do Facebook. Linhas do tempo pessoais e conexões de amizade não devem ser usadas para administrar promoções. Por exemplo, “compartilhe em sua linha do tempo para entrar” ou “compartilhe na linha do tempo de seu amigo para obter entradas adicionais”.

Veja algumas das demais exigências:

  • é preciso deixar claro que o Facebook não tem participação alguma, ou seja, informar que ele não apoia, patrocina ou administra a promoção, sorteio ou concurso que está sendo realizado;
  • cabe a você, e não à rede social, deixar bem esclarecidas regras, regulamentos e condições.

Fora todas essas restrições do próprio Facebook, todos os sorteios devem ser registrados pela Caixa Econômica Federal (CEF), detalhando toda a mecânica do concurso. A taxa da inscrição varia conforme o valor do prêmio e o prazo para a efetivação gira em torno de 45 dias.

E concurso cultural, pode?

Até pode, mas também tem regras. O concurso cultural é uma modalidade em que o ganhador será premiado por mérito,  por exemplo, a melhor frase ou a resposta mais rápida. Mas veja bem, os concursos culturais não podem:

  • divulgar o nome da marca que está promovendo;
  • fazer alusão a data comemorativa, como Natal, dia das mães etc.
  • premiar com produtos da própria empresa;
  • solicitar que o participante se cadastre.

O concurso cultural também não pode ser realizado exclusivamente nas redes sociais. O Facebook pode ser usado apenas como propulsor do concurso, que deve ser realizado em sites ou hotsites, antes de ser divulgado nas redes sociais.

E o que acontece com quem não cumpre as determinações?

Quem realiza sorteios sem fazer a inscrição na CEF, corre o risco de receber uma multa no valor integral do prêmio e até 2 anos sem poder realizar promoções e sorteios.

Mas os meus concorrentes estão fazendo!
Muitas empresas acabam apenas copiando o que o seu concorrente está fazendo, sem saber se isso é certo ou errado. Pior ainda, muitas agências promovem sorteios e concursos como formas de estratégias, sem ter noção que estão fazendo da forma errada e colocando seu cliente em risco. Por isso, muita atenção!

Mas vale a pena fazer esse tipo de promoção?

É tentador utilizar esse meio de promoção da marca para conseguir alguns likes mais rapidamente. Até é possível conseguir 10, 20, 30 mil seguidores ara a sua página por conta de um sorteio, mas o que adianta todos esses likes, se a página não tiver engajamento depois? Por isso, é importante analisar se realmente esse tipo de ação trará algum retorno — real — para seu negócio.

Considere também que as promoções realizadas pelo Facebook até podem atrair muitas pessoas para curtir sua página, porém elas não estão interessadas no seu produto ou na sua marca, e sim em ganhar o prêmio! Além do risco de perfis falsos, criados unicamente para participar desse tipo de ação, após o sorteio, o nível de pessoas engajadas e que continuam a curtir suas próximas publicações será praticamente nulo.

O que é preciso entender é que “likes” em Fan Page não deve ser um objetivo, e sim o resultado de uma estratégia forte de conteúdo e de relacionamento com seus usuários, além de poder ser usado com um número para medir o crescimento e o engajamento da sua estratégia.

Por isso, vale a pena analisar bem o que você quer alcançar com estratégias como essas. Sorteios no Facebook até trazem curtidas, mas não têm como foco converter visitantes em novos clientes. Assim, empregar esforços em técnicas que não garante resultados para a sua empresa, será o melhor caminho?

Diversas outras pessoas têm as mesmas dúvidas que você quanto ao tema. Que tal compartilhar este post em suas redes sociais e ajudá-las a esclarecer essas questões também?

Tags:, ,



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 2 =